Home Maranhão Justiça prorroga a prisão domiciliar de detentos que estão no grupo de risco

Justiça prorroga a prisão domiciliar de detentos que estão no grupo de risco

Featured Video Play Icon

A Primeira Vara de Execuções Penais de São Luís prorrogou por mais 30 dias o prazo para presos que se enquadram em grupo de risco para que permaneçam em regime semiaberto durante a pandemia.

Ao todo, 395 detentos são presos considerados do grupo de risco na capital maranhense. O juiz titular da Vara de Execuções Penais, Márcio Castro Brandão, reforça que traça o diagnóstico diariamente. Em todo o sistema prisional do Maranhão, 44 casos da COVID-19 foram registrados.