Home Brasil Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de “escória maldita”

Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de “escória maldita”

Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de “escória maldita”

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, chamou o movimento negro de “escória maldita” durante uma reunião privada no dia 30 de abril. As declarações foram dadas durante uma conversa com funcionários do órgão, ligado à Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro. A gravação foi veiculada pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Na reunião, Camargo se queixou da ação de esquerdistas supostamente infiltrados na fundação e incentivou os subordinados a os entregarem, para que fossem demitidos. “Se tiver um esquerdista aqui, vocês me digam onde está esse filho da puta que eu quero exonerar ou demitir ou mandar para outro órgão”, diz no áudio.

O presidente da Fundação Palmares também se queixa do desaparecimento de um celular corporativo dele e é questionado na reunião se desconfiava de alguém.

“Qualquer um. Eu exonerei três diretores nossos assim que voltei. Qualquer um deles pode ter feito isso. Quem poderia? Alguém que quer me prejudicar, invadindo esse prédio aqui pra me espancar. Quem poderia ter feito isso? Invadindo com a ajuda de funcionários daqui. O movimento negro, os vagabundos do movimento negro, essa escória maldita”.