Home Notícias Economia Saque de R$ 1.045 do FGTS começa no dia 15 de junho; saiba quem tem direito

Saque de R$ 1.045 do FGTS começa no dia 15 de junho; saiba quem tem direito

Saque de R$ 1.045 do FGTS começa no dia 15 de junho; saiba quem tem direito

A partir do próximo mês, mais de 60 milhões de trabalhadores em todo o país poderão sacar o valor de R$ 1.045 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS Emergencial).

O intuito da ação é reduzir os impactos econômicos no país, aplicando mais de R$ 36 bilhões na economia brasileira. A pessoa que tiver conta na Caixa Econômica e preferir não sacar deverá informar a instituição até o dia 30 de agosto, caso contrário o valor será depositado automaticamente na conta poupança, assim como ocorreu no saque de R$ 500 do FGTS, ocorrido no ano passado.

Os trabalhadores, que possuem conta de FGTS ativa ou inativa, possuem o direito a receber esse benefício. Segundo o Governo Federal, aproximadamente 30,7 milhões de trabalhadores poderão realizar o saque total, enquanto, cerca de 80% as contas serão liquidadas com o saque. os saques do FGTS serão feitas por meio das agências da Caixa, casas lotéricas e caixas eletrônicos.

O pagamento começa dia 15 de junho e vai até 31 de dezembro, mas o calendário de saque ainda não foi divulgado pela Caixa.De acordo com a Medida Provisória cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045. O Governo Federal estima que 60 milhões de contas devem ser beneficiadas, totalizando aproximadamente R$ 34 bilhões.

QUEM PODE SACAR

Os trabalhadores que tiverem saldo em contas inativas (empregos anteriores) e ativas (emprego atual) poderão solicitar o saque. Entretanto, o vaOs trabalhadores que tiverem saldo em contas inativas (empregos anteriores) e ativas (emprego atual) poderão solicitar o saque. Entretanto, o valor não pode ultrapassar R$ 1.045, inclusive para o trabalhador que tiver saldo superior ao salário mínimo vigente.

O dinheiro será retirado primeiro das contas inativas, começando pelas que possuem menor saldo. Somente depois é que o dinheiro poderá ser retirado de contas ativas, também iniciando pelas que possuem menor valor.Terão prioridade no calendário de saque as pessoas que possuem apenas contas inativas e também os brasileiros que possuem menores saldo em conta, de acordo com a MP.

Os brasileiros que possuem conta corrente ou poupança na Caixa podem receber o crédito automático. Mas o pagamento também pode ser feito em contas de outras instituições bancárias, desde que seja da mesma titularidade e indicada pelo trabalhador.

O saque do FGTS não é uma obrigação para o trabalhador. Portanto, se o dinheiro não for retirado ele continuará no fundo. Mas se por um acaso o valor cair automaticamente na conta da Caixa sem o trabalhador querer, é possível solicitar a devolução até o dia 30 de agosto de 2020.