HomeMaranhãoSão Luís Veja as regras que passam a valer com o fim do lockdown na Ilha de São Luís

Veja as regras que passam a valer com o fim do lockdown na Ilha de São Luís

Featured Video Play Icon

Neste domingo (17), último dia de lockdown na Grande São Luís, a movimentação foi tranquila nas principais avenidas da capital. Quem decidiu ou precisou sair de casa teve de explicar os motivos nas barreiras montadas pela Polícia Militar, com apoio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), foram mais de 20 espalhadas por toda a ilha.

O lockdown foi determinado pelo juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, e valeu para São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Primeiramente, por um prazo estabelecido de dez dias. A medida, no entanto, acabou sendo estendida até este domingo.

Segundo o comandante do Policiamento Metropolitano  3, Aritanã Lisboa, os resultados foram percebidos, especialmente, após a implantação do rodízio de veículos na semana passada. Durante o lockdown, só foi permitido o funcionamento de serviços essenciais. Além disso, a frota de ônibus do transporte público também foi reduzida.

O governador Flávio Dino anunciou que a partir desta segunda-feira (18) voltam a valer as medidas do decreto anterior; um novo decreto deve ser editado nesta semana.

O rodízio de veículos ainda vale?
Não.

O que pode funcionar a partir de segunda?
Tudo o que podia antes do lockdown. Entre as atividades liberadas, estão supermercados (com metade da capacidade), delivery de alimentos, farmácias, óticas, drive thru, serviços de entrega e retirada de lavanderia, lojas de tecido, oficinas, postos de combustível e lojas de material de construção.

E o que não pode funcionar?
Continuam vetados estabelecimentos como academias, shopping centers, cinemas, teatros, bares, casas noturnas, salões de beleza e atendimento em restaurantes e lanchonetes (com exceção de delivery e drive-thru)

Essas regras são obrigatórias para todo o Estado?
Elas são obrigatórias para a Ilha de São Luís. Para as outras cidades, o prefeito pode estabelecer regras mais flexíveis, dependendo do número de casos do coronavírus. Se o prefeito não editou ou não editar nenhuma norma, valem todas as citadas acima.

Tenho que usar máscaras?
As máscaras continuam obrigatórias em locais públicos e privados de uso coletivo.

Se eu trabalho num serviço essencial, ainda preciso andar com a declaração de autorização?
Não.

Posso entrar e sair da Ilha de São Luís?
Pode.

E como fica o transporte público?
Os ônibus voltam a parar em todos os pontos, como antes. O ferry boat volta a operar normalmente para todos os passageiros. Transporte por aplicativo continua normal.

Então eu posso sair para fazer qualquer coisa?
O isolamento social ainda é a principal arma para combater o coronavírus. Então a recomendação é ficar em casa e só sair se for realmente necessário.

E as aulas?
Continuam suspensas até, pelo menos, 1º de junho.

Até quando valem essas regras?
Até pelo menos quarta-feira (20), quando um novo decreto será editado com regras para o Estado inteiro.