Home Maranhão São Luís Padre Bráulio, pároco da Cidade Olímpica, morre em decorrência do novo coronavírus

Padre Bráulio, pároco da Cidade Olímpica, morre em decorrência do novo coronavírus

Padre Bráulio, pároco da Cidade Olímpica, morre em decorrência do novo coronavírus

Morreu nesta segunda-feira (18) devido uma insuficiência respiratória em decorrência do novo coronavírus, o padre Bráulio Sousa Ayres, de 66 anos. Recentemente, ele exercia a função de pároco da Paróquia Santíssima Trindade, na Cidade Olímpica. Natural de Penalva, a 255 quilômetros da capital, o religioso havia feito ordenação presbiteral há 39 anos.

“De certa maneira, fomos pegos de surpresa, uma vez que as notícias recentes sobre a evolução da doença eram bastante positivas. A Arquidiocese de São Luís do Maranhão deve muito ao padre Bráulio. Se pudermos sublinhar uma das suas importantes atuações em favor dela, chamaríamos a atenção pela importância de padre Bráulio na retomada da formação de novos presbíteros, não só para a Arquidiocese de São Luís, mas para todo o Maranhão”, informou nota de falecimento da Arquidiocese.

A nota assinada por Dom José Belisário da Silva, arcebispo metropolitano de São Luís do Maranhão, e Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar da Arquidiocese, reforçou o luto pela morte do padre Bráulio para a família e toda a comunidade. “Consolemo-nos mutuamente. Descanse em paz, padre Bráulio. Você foi um grande lutador. Que Deus o acolha em seu seio”, diz.