Home Maranhão São Luís Autoridades locais lamentam a morte do jornalista Roberto Fernandes

Autoridades locais lamentam a morte do jornalista Roberto Fernandes

Autoridades locais lamentam a morte do jornalista Roberto Fernandes

Será enterrado nesta quarta-feira (22) no Cemitério Parque da Saudade, em São Luís, o corpo do jornalista Roberto Fernandes. Enterrado desde o dia 23 de março em decorrência de uma pneumonia, o comunicador deu positivo para o novo coronavírus, foi entubado por vários dias e, após recuperado, sofreu complicações renais. Roberto Fernandes deixa mulher, dois filhos e um neto.

Por meio de redes sociais, autoridades locais lamentaram a morte do radialista, que comandou o programa Ponto Final, da Mirante AM, por 20 anos e teve quadros de política e esporte no jornal Bom Dia Mirante. Em uma rede social, o governador Flávio Dino (PCdoB) lamentou a morte de Roberto, a quem se referiu como “jornalista de referência do Maranhão há várias décadas”. Disse ainda prestar solidariedade à família e à imprensa do estado.

O prefeito Edivaldo Holanda Junior também manifestou profundo pesar e solidariedade pelo falecimento do jornalista de 61 anos. “Em toda a sua trajetória profissional, no rádio e na televisão, Roberto Fernandes teve sua atuação marcada pela ética no exercício do jornalismo, levando à sociedade informação de qualidade”, diz o comunicado. O Grupo Mirante também lamentou a morte do profissional e destacou a sua trajetória na imprensa maranhense.

O titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins, publicou vídeo para expressar pesar pela morte do comentarista esportivo:

A Federação Maranhense de Futebol (FMF), através de sua Diretoria e colaboradores, lamentou com extremo pesar, o falecimento do jornalista Roberto Fernandes da Silva. “Em sua homenagem, fica decretado o luto oficial de 3 dias no futebol maranhense. Além disso, o troféu de campeão da Copa FMF será chamado de Troféu Jornalista Roberto Fernandes”, diz nota da FMF.

TRAJETÓRIA DE ROBERTO FERNANDES

Pernambucano de Vitória de Santo Antão, Roberto Fernandes iniciou sua trajetória no rádio ainda antes de abraçar São Luís como sua cidade, no fim da década de 1970. Aqui, atuou nos principais veículos de comunicação da capital, tornando-se uma referência na área. Formado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o jornalista trabalhou também na Rádio Educadora AM, TV Brasil e Rádio São Luís. Roberto Fernandes também foi um grande entusiasta e defensor do esporte local, chegando a presidir um dos times mais tradicionais do Maranhão, o Moto Club.