Home Maranhão Criança de 6 anos é assassinada dentro de usina em São João dos Patos

Criança de 6 anos é assassinada dentro de usina em São João dos Patos

Criança de 6 anos é assassinada dentro de usina em São João dos Patos

Um menino de 6 anos de idade foi morto com golpe de material perfurocortante na tarde deste domingo (19) em uma usina no município de São João dos Patos, a 540 quilômetros da capital maranhense. Assim que foi solicitada, a Polícia Civil fez o isolamento da área, para evitar a perda de vestígios no local do crime. Nenhum objeto usado no assassinato foi apreendido.

Segundo o Delegado Regional de São João dos Patos, Francisco Taveira, o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer o exame de necropsia no corpo. “De acordo com a conversa com os médicos legistas, havia sinais de violência de um instrumento perfurocortante. A criança possivelmente foi morta por esse instrumento, nas proximidades do pescoço”, afirmou.

Os golpes à vítima podem ter sido provocados por uma espécie de facão, no entanto apenas a perícia irá confirmar o material usado no crime. O laudo deve sair nos próximos dias. A criança estava em companhia do irmão de 4 anos de idade, que vem sendo ouvido pela polícia por ter presenciado, em parte, o caso. O garoto vai auxiliar na investigação policial, por meio de acompanhamento psicológico.

Será realizado exame, também no IML, para identificar se houve violência sexual. Devido o distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus e o horário do crime, não havia movimento na cidade. Por isso, a polícia tenta localizar testemunhas que possam auxiliar nas investigações; além de imagens de videomonitoramento de estabelecimentos próximos.

“É um crime que repercutiu aqui na cidade de São João dos Patos, é uma cidade pacata, onde raramente acontece um homicídio. A cidade está transtornada, e as polícias Civil e Militar estão em campo no sentido de dar uma resposta urgente à sociedade, com a elucidação do crime, com possível autor (ou autores)”, informou o delegado Taveira.