Home Maranhão Cloroquina já está em falta nas farmácias após ser liberado pelo Ministério da Saúde

Cloroquina já está em falta nas farmácias após ser liberado pelo Ministério da Saúde

Featured Video Play Icon

Após liberação do Ministério da Saúde para o uso em casos graves do novo coronavírus, já está em falta a cloroquina, medicamento utilizado também no tratamento de malária e de algumas doenças autoimunes, como lúpus.

Para evitar que os tratamentos em curso sejam interrompidos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) garantiu que até o dia 18 de abril as pessoas poderão continuar comprando os medicamentos com receita comum.

Na última quarta-feira (25), o Ministério da Saúde autorizou a utilização da cloroquina para pacientes internados em estado grave com a COVID-19. No entanto, não há indicação do medicamento para pacientes que queiram se proteger, ou mesmo para casos mais leves da doença.

A automedicação com a cloroquina pode ser muita perigosa. Os efeitos colaterais podem variar de bandos até severos, podendo a pessoa se intoxicar, o que pode evoluir inclusive, para o óbito.