Polícia investiga furto de 500 doses de vacinas da gripe H1N1

A Polícia Civil está investigando o furto de cerca de 500 doses da vacina contra a gripe H1N1 na cidade de Rosário, a 75 quilômetros da capital maranhense. O lote desapareceu depois de ter sido repassado para a Secretaria Municipal de Saúde.

O caso foi comunicado à polícia pela Secretaria de Saúde do município. O repasse das vacinas foi feito na segunda-feira (23), quando foi iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe. O furto foi descoberto no momento em que foi feito o levantamento da quantidade de doses recebidas e a quantidade de vacinas aplicadas no municipio.

Constatado o furto das vacinas, a polícia foi informada e deu início às investigações. Ninguém foi preso até o momento e nem as doses de vacina foram recuperadas. A Polícia Federal deve assumir as investigações dentro das próximas horas.