Deputado Duarte Júnior fala no Bom Dia Maranhão sobre áudios e vídeos polêmicos

O Bom Dia Maranhão desta segunda-feira (09) recebeu o deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos). Alvo de várias críticas, principalmente por conta da repercussão de áudios e vídeos nas redes sociais, Duarte conversou com os comunicadores Adalberto Melo e John Cutrim em entrevista de pouco mais de 18 minutos de duração.

A partir de áudios e vídeos, supostamente vazados, surgiram denúncias de assédio moral contra subordinados no Órgão de Defesa do Consumidor, de gordofobia, tentativa de censura à imprensa e homofobia. Para o político, os materiais [que circulam em aplicativos e sites de notícias do estado nas últimas semanas] representam uma perseguição ao seu trabalho.

No curso do bate-papo, usando o espaço não só para se defender, Duarte antecipou pré-campanha falando sobre planos para a cidade. “Eu sou pré-candidato a prefeito de São Luís e, por isso, vamos apresentar o mesmo trabalho sério que fizemos no Procon, que nós fizemos no Viva, para honrar a esperança das pessoas”, assegurou.

Na semana passada, Duarte Júnior foi à tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão se defender a respeito das denúncias. À época, o deputado estadual disse que mensagens de seu Telegram teriam sido manipuladas e alteradas. Sobre a questão, afirmou durante entrevista que, como todos que têm grupos em aplicativos de mensagens instantâneas, é humano e pode cometer “erros perdoáveis”.

“Eu tenho vários grupos no Telegram, subtraíram algumas dessas mensagens de vários grupos que eu sequer lembro, muitas delas há mais de três anos, estão trazendo agora estas mensagens de foro íntimo”, disse.

Reconheceu que se envolveu em uma “brincadeira infeliz” e que pediu desculpas a respeito de vídeo que circula na internet ao lado de um amigo comentando um suposto resultado de exame de HIV. “Uma brincadeira boba, uma brincadeira sobre um exame [de HIV/AIDS], de cunho íntimo. Pedi desculpas nas redes sociais e, depois daquele evento, nós já fizemos várias ações em prol da pessoa com o vírus HIV”, falou.

Durante a entrevista, o jornalista Adalberto Melo reforçou que o Sistema Difusora combate veementemente as Fake News e colocou à disposição o melhor perito do país para fazer análise dos áudios para que seja feita perícia a respeito de manipulação e alteração dos materiais. Diferente de orientação a funcionários do Procon-MA por meio de áudio, Duarte Júnior falou que “de maneira alguma” usou servidores públicos em sua campanha no ano de 2018.

Perguntado sobre quem o estaria ameaçando ou perseguindo, o deputado disse que relatará nomes no momento certo. O apresentador do Bom Dia Maranhão finalizou a entrevista garantindo que não há nenhuma decisão da justiça que assegure ao parlamentar o direito de resposta, mas que a emissora abre espaço para ouvir pessoas.