Suspeito de tráfico é preso com drogas e armas na região tocantina

Um homem foi preso nesta sexta-feira (07) em João Lisboa, na região tocantina, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. A prisão foi feita pela Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (DENARC), unidade vinculada à Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC).

O mandado de prisão foi emitido pela Central de Inquéritos e Custódia da Comarca de Imperatriz, no início do ano passado, em atendimento a um pedido da autoridade policial da DENARC, em razão do cometimento dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após ser indiciado em inquérito que apurava os crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, o homem fugiu de Imperatriz. No mês passado, investigadores da DENARC descobriram que o homem estava residindo na cidade de João Lisboa, onde utilizava um nome falso e continuava praticando a comercialização de drogas ilícitas.

O homem foi localizado em um restaurante da cidade, onde se identificou com nome falso, alegando que não morava na cidade. Os policiais o levaram até a casa apontada pelas investigações que seria dele e, com um molho de chaves encontrado no bolso dele, abriram as portas e entraram.

Foram encontrados na residência 330g de crack, 75g de um pó branco semelhante a cocaína, 2 revólveres calibre 38, catorze munições do mesmo calibre, duas balanças de precisão e a quantia de R$ 413. O preso foi conduzido à Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz.