Home Maranhão Maranhão reforça o combate ao trabalho infantil e escravo

Maranhão reforça o combate ao trabalho infantil e escravo

Featured Video Play Icon

Gestores públicos e representantes de entidade da sociedade civil se reuniram em evento que marcou o Dia do Auditor Fiscal do Trabalho e abriu a Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo.

O encontro reuniu representantes de diversas entidades públicas que militam na área trabalhista. Entre as instituições representadas, a Superintendência do Trabalho e Emprego no Maranhão, secretarias estaduais dos direitos humanos e do trabalho e emprego, além de sindicatos de classes.

Durante o evento foram citados problemas ainda enfrentados para exercício do trabalho de auditor, no que diz respeito principalmente a questão de fiscalizar o trabalho escravo e também o trabalho infantil, que para os especialistas é porta de entrada para o trabalho escravo no futuro.

Nos últimos 21 anos, mais de 54 mil pessoas foram resgatadas do trabalho escravo em todo o Brasil. Um montante de aproximadamente 104 milhões de reais foi pago as vítimas do trabalho escravo. No Maranhão, o Governo tem investido na redução dos índices negativos envolvendo o trabalho infantil e escravo, trabalhando forte na diminuição das desigualdades sociais.