40 mil turistas visitaram o Museu do Reggae ao longo de 2 anos

Quarenta mil turistas nacionais e estrangeiros passaram pelo Museu do Reggae – localizado na Rua da Estrela, 124, Praia Grande – ao longo dos últimos 2 anos de funcionamento. O número total de visitação, entre maranhenses e turistas, foi de 107.673 visitantes até o dia 16 de janeiro de 2020, gerando trabalho e renda para milhares de pessoas. Mais de 9.800 pessoas passaram pela Casa de Cultura somente no mês de julho do ano passado.

Segundo o diretor da Casa de Cultura, Ademar Danilo, entre os estados que mais visitaram o Museu estão: Pará, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. Entre os turistas estrangeiros, os países que mais tiveram representantes foram: França, Argentina, Itália e Estados Unidos.

“É forte o impacto que o reggae tem no turismo do Maranhão. O Governo do Maranhão e o governador Flávio Dino respeitam e estimulam a Cultura Reggae”, disse Ademar Danilo.

Entre os turistas nacionais e internacionais, o mês de julho (2018/2019) foi o que mais contabilizou visitas. Foram 3.138 e 4.529, respectivamente. Já fevereiro, nos dois anos, registrou o menor índice de visitação (741/2018 e 975/2019). Até 16 de janeiro deste ano foram recebimos 12.246 estudantes, professores e pesquisadores.

“O fenômeno do reggae no Maranhão tem alto interesse histórico e sociológico. Universidade e Escolas estudam e tentam compreender”, afirmou.

MUSEU DO REGGAE

O Museu do Reggae Maranhão preserva, estuda e celebra a Cultura Reggae no Estado. O ritmo, que nasceu na Jamaica, foi assimilado pela população maranhense e se transformou em mais um dos muitos elementos culturais que formam a maneira de ser do maranhense contemporâneo. Influencia nossa maneira de falar, de vestir e, principalmente, de dançar.

Patrimônio Mundial da Humanidade, o Reggae tem grande importância turística e cultural. Nas várias salas de exposição existem relíquias como fotografias, vídeos e discos raros, além de muitas informações. Horário de funcionamento: Terça a Sábado 10h às 20h / Domingo 10h às 13h.