Delegado fala no B2 sobre prisão de integrantes de quadrilha que movimentou R$ 1 milhão

A Polícia Civil deflagrou mais uma etapa da operação denominada “Tiro Certo”, de combate o núcleo financeiro das facções criminosas. A operação, que contou com a participação de policiais da Superintendências Estaduais de Investigações Criminais (SEIC), de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Sobre o assunto, o apresentador Silvan Alves recebeu o delegado da SEIC, Gil Gonçalves.

A operação resultou na prisão o casal Adailton Pereira dos Santos Junior Ribeiro, o Vitor Patrão e Vanda Barbosa de Oliveira. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão nos imóveis do casal e de pessoas ligadas à eles. Além de escrituras públicas de imóveis adquiridos pela quadrilha, livro com anotações da movimentação do tráfico, recibos de jóias e veículos, foram apreendidos R$ 2.700 em dinheiro trocado.

Também foram sequestrados durante a ação da policia, um apartamento, duas casas, um veiculo de luxo e uma motocicleta. Também foram bloqueadas as contas bancárias dos envolvidos onde, de acordo com as investigações, a quadrilha movimentou cerca de R$ 1 milhão. Após a operação, os envolvidos foram encaminhados gados para o Complexo Penitenciário São Luís.