CGU aponta desvio milionário no MA de recursos do Governo Federal

A Controladoria Geral da União apresentou nesta segunda-feira (09) números relativos à corrupção no estado. Os resultados demonstram desvios de recursos em cerca de 20 milhões de reais.

Somente nos municípios de Paço do Lumiar e Anajatuba, os auditores descobriram desvios de 21 milhões referentes à aplicação de recursos de programas do Governo Federal, nos anos de 2017 e 2018. Em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, dos 172 milhões fiscalizados, foi possível evidenciar um potencial dano aos cofres públicos na ordem de 17 milhões. Doze milhões de reais desse total, gastos com a aquisição de livros de robótica e educação ambiental, que não constavam no programa de educação do município.

Nos dois municípios, foram apontadas irregularidades nos programas de saúde da família, transporte escolar, contratações de médicos e outros servidores da área da saúde, além de não recolhimento de contribuições previdenciárias e o uso de pregão presencial, ao invés de pregão eletrônico que garante mais transparência aos processos de licitação.

Anualmente, a corrupção desvia mais de 200 bilhões de reais. Um dinheiro que poderia ser aplicado em investimentos públicos. Até o final de dezembro, a Controladoria vai divulgar os resultados das fiscalizações de mais dois municípios maranhenses: Mata Roma e Anapurus.