BR 226 bloqueada: indígenas são baleados e dois não resistem

No início da tarde deste sábado (07) um grupo de índios da etnia Guajajara bloqueou a BR-226, entre os municípios de Grajaú e Barra do Corda. A interdição aconteceu após dois indígenas da terra Canabrava serem baleados.

Segundo as primeiras informações, um grupo caminhava às margens da BR, quando foram surpreendidos pelos disparos feitos por um homem que trafegava em um veículo. O caso foi registrado ainda nesta manhã, quando integrantes da comunidade indígena voltavam de uma reunião com representantes da Eletronorte e a Fundação Nacional do índio (FUNAI).

Os tiros atingiram quatro pessoas, sendo que duas morreram ainda no local. A informação foi confirmada por policiais da Delegacia de Barra do Corda.

Em nota, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) informou que está acompanhando o caso junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Leia a nota:

”Neste momento, uma equipe técnica da Sedihpop encontra-se em deslocamento à Jenipapo
dos Vieiras. A SSP, por meio das Polícias Civil e Militar, está no local, tomando as providências
cabíveis.

Os indígenas feridos já foram encaminhados para o hospital, com apoio do Distrito
Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Maranhão. Até o momento, dois óbitos foram confirmados.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP),
informou o caso à Polícia Federal, solicitando a adoção das medidas cabíveis”.