Acusado de matar ex-companheira é condenado após quase 2 anos do crime

Após júri popular, foi condenado a 12 anos e 8 meses de prisão, Gutemberg Matos Bezerra. Ele é o homem que esfaqueou 18 vezes a ex-companheira Girlene Araújo dentro de casa no ano passado. O julgamento acontece quase dois anos após o crime.

O crime aconteceu no dia 23 de fevereiro de 2018, na casa em que Girlene mora. Segundo o processo, autor das facadas não aceitava o fim do relacionamento. O casal tem um filho de 15 anos de idade, que não presenciou o crime.

Autor e vítima do crime choraram por quase 5 minutos antes do início do júri. A tentativa de feminicídio aconteceu no bairro do Maiobão, em Paço do Lumiar.