Celular é encontrado em cela de motorista que matou 5 pessoas no Jaracati

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) está apurando a entrada de um aparelho celular no Complexo Penitenciário. O celular foi encontrado com o preso Victor Yan Barros de Araújo, que é acusado de provocar a morte de 5 pessoas e de deixar 9 feridos em um acidente no Jaracati, em São Luís.

No aparelho, foram encontradas mensagens trocadas entre Victor e a namorada. A SEAP informou, por meio de nota, que o interno Victor Yan agora responde procedimento disciplinar interno pelo celular encontrado na cela. A situação está sendo investigada pela Corregedoria.

Caso Victor Yan seja considerado culpado, após julgamento desse procedimento disciplinar, ele pode ficar até 30 dias sem receber visita.

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO

Victor Yan foi ouvido na última terça-feira (26), na Segunda Vara Criminal do Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís. O advogado de defesa, Pedro Jarbas, saiu do caso e foi substituído pelo advogado Charles Dias. Ele disse que a mudança era fruto de divergências entre a equipe e a família do acusado Victor Yan Barros.

Na audiência de instrução, primeiro foram ouvidos uma vítima e dois policiais que atenderam a ocorrência. Em seguida, foi a vez do acusado Victor Yan ser interrogado. Ao todo, 11 testemunhas foram chamadas no processo.