Bandeira 2 repercute sobre matrícula para filhos de mulheres vítimas de violência

Na tentativa de diminuir o alto número de crimes de violência contra mulheres, mais 2 projetos que trazem mudanças na Lei Maria da Penha foram sancionados pelo presidente Jair Bolsonaro.

Um deles diz respeito à apreensão de arma de fogo em posse de agressores, como medida protetiva. Já o outro garante a matrícula de dependentes de vítimas de violência doméstica em escolas próximas ao domicílio. Sobre o assunto, o jornalista Silvan Alves recebeu nesta segunda-feira (14) a diretora da Casa da Mulher Brasileira, Susan Lucena.