Polícia de Timon prende padrasto que abusava menina de 9 anos

Um funcionário de uma empresa de estofamento foi preso em Teresina, suspeito de abusar da enteada de 9 anos de idade. Egnaldo Gomes de Araújo, padrasto da vítima, é apontado como o autor de fotos que mostram o abuso, compartilhadas na internet. A prisão foi feita na tarde dessa quarta-feira (04), deflagrada pela Delegacia Especializada da Mulher de Timon e da 18ª Delegacia Regional.

Egnaldo Gomes teria usado o próprio celular para registrar os abusos contra a menina. O aparelho estava cadastrado com o e-mail da irmã mais velha da vítima, de 18 anos, que quando acessou o celular pelo computador teve acesso às imagens da irmã sendo abusada.

“Recebemos a denúncia da mãe na terça-feira (03), informando que a filha possivelmente estaria sendo abusada pelo companheiro dela, padrasto da menina. Imediatamente fizemos a oitiva da mãe. O padrasto não sabia que as fotos iriam para o e-mail da enteada mais velha”, informou a delegada Mariely Vilhena, da DEM de Timon.

Com a prisão preventiva cumprida, a delegacia tem até 10 dias para concluir o inquérito. De acordo com a delegada especializada, os abusos ocorriam dentro de casa. “No depoimento ele admitiu a prática da conduta, sem entrar em muitos detalhes. O rosto dele não aparece nas fotos, mas a mão e identificações pessoais, sim”, explica Mariely.

Egnaldo é natural da Paraíba e não possui família em Teresina. Ele foi conduzido para o Centro de Ressocialização Jorge Vieira, no Bairro Flores, em Timon onde aguarda decisão judicial. A menina foi submetida a exame de corpo de delito. Do Cidade Verde.