HomeMaranhãoImperatriz DAI registra mais de 40 atos infracionais em 6 meses

DAI registra mais de 40 atos infracionais em 6 meses

Featured Video Play Icon

Em Imperatriz, a Delegacia do Adolescente Infrator foram registradas 35 ocorrências de ato infracional equivalente a roubo praticado por menores de idade nos primeiros 6 meses deste ano. Também foram registrados 2 casos de ameaça e tentativa de estupro e 5 homicídios ou tentativa de homicídio com envolvimento de menores. O uso de armas também é cada vez mais comum entre os adolescentes infratores.

Segundo a polícia, uma das formas mais eficazes de evitar que crianças e adolescentes entrem para o mundo da violência está dentro de casa, no seio da família. No mês passado ocorreu uma fuga e uma tentativa de fuga na Unidade de Internação Semear, no bairro 3 Poderes, considerada a mais segura.

Na cidade tocantina, uma obra da Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão (Funac) está parada há mais de 4 meses e abandonada. O projeto prevê a construção de 10 prédios, além de uma quadra, teatro e campo de futebol. A capacidade é de até 350 menores.

O Ministério Público Estadual entrou com uma ação na justiça contra a Funac e o Governo do Estado, que tem até janeiro do ano que vem para terminar a obra. Em nota, a Secretaria de Estado de Infraestrutura informou que o projeto já foi concluído e está aguardando os trâmites internos para que a obra atenda às necessidades da Funac.