HomeNotícias Polícia investiga se morte de menina com tiro de espingarda foi acidental

Polícia investiga se morte de menina com tiro de espingarda foi acidental

Polícia investiga se morte de menina com tiro de espingarda foi acidental

A Polícia Civil de Pedreiras investiga a morte de uma criança de 9 anos que foi baleada com tiro de espingarda. O crime, que aconteceu na última segunda-feira (05) na cidade de São Roberto, a 287 quilômetros da capital maranhense, pode ter sido acidental. Não houve perícia para colher elementos informativos, por que o corpo de Ana Clara já havia sido removido do local.

“Nós já estamos diligenciando no sentido de colher maiores elementos, visando verificar se de fato foi um tiro acidental, se não foi, quem é que tem responsabilidade acerca dessa situação”, disse o delegado regional de Pedreiras, Diego Maciel.

A menina estaria visitando familiares na cidade e iria retornar para o estado do Pará nesta terça-feira (06). Em entrevista à TV Difusora, o delegado lembrou que o Estatuto do Desarmamento, no Artigo 13, tipifica como crime “deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor de 18 anos ou pessoa portadora de deficiência mental se apodere de arma de fogo”, com pena – detenção de 1 a 2 anos e multa. “Os elementos informativos estão sendo produzidos, todas as situações serão verificadas, ‘pra’ que a gente possa responsabilizar o possível autor”, afirmou.

A arma usada no crime foi apreendida pela polícia e será periciada para que o laudo seja incluído na investigação. Segundo o delegado regional, “muito em breve [o caso] terá elucidação com as respectivas prisões dos responsáveis”, finalizou.