HomeMaranhãoSão Luís Operador aerotático do CTA consegue evitar incêndio em lanchonete

Operador aerotático do CTA consegue evitar incêndio em lanchonete

Operador aerotático do CTA consegue evitar incêndio em lanchonete

Um operador aerotático do Centro Tático Aéreo (CTA) debelou fogo na “Lanchonete do Gordo” neste sábado (27), no bairro Vicente Fialho, em São Luís. Ele estava de folga voltando de uma atividade física, quando percebeu movimentação de populares em frente à lanchonete, localizada em uma casa de onde estaria saindo muita fumaça.

“Eu senti um cheiro muito forte de fumaça dentro de casa, e aí a gente descobriu que na lanchonete tinha alguma coisa no fogo que estava queimando”, contou uma vizinha.

Diante do princípio de incêndio, o 2° sargento Abmael avaliou o ambiente, que estava com portas e janelas fechadas, e pediu à vizinhança uma toalha molhada para conseguir respirar ao adentrar o local. Dentro da lanchonete, Abmael encontrou um fogão com todas as bocas com chamas acesas e uma panela queimando.

Após conseguir desligar todos os registros de gás, com a toalha molhada, abafou a chama na panela e debelou o fogo. Para conseguir ventilação suficiente a fim de dispersar a fumaça, o operador abriu todas as portas e janelas e levou a panela para a área externa da lanchonete. Além de residências no entorno, o estabelecimento comercial possuía bastante material inflamável, o que poderia ter causado incêndio de grande proporção.

Após o ocorrido, o proprietário chegou e contou que havia deixado a panela no fogo no início da noite cozinhando uma geleia e não imaginava que chegaria ao ponto de queimar e causas transtornos.

“Recebi uma ligação que a lanchonete estava pegando o fogo, mas quando eu cheguei já estava tudo aberto, ele conseguiu entrar e solucionar o problema. Era só uma panela que a gente deixou no fogo, com um item que passa a noite toda cozinhando e um pedaço da manhã, mas eu não sei o que aconteceu que ela reduziu mais rápido e já estava queimando”, disse o proprietário.