HomeMaranhãoSão Luís Homens acusados de assédio em rede social prestam queixa na polícia

Homens acusados de assédio em rede social prestam queixa na polícia

Homens acusados de assédio em rede social prestam queixa na polícia

Esta semana foi criada uma conta no Twitter que seria para receber supostas denúncias de abusos sexuais. Em apenas 1 dia, mais de 3 mil pessoas estavam inscritas. O problema é que até uma lista de supostos estupradores, assediadores e pedófilos foi divulgada sem nenhuma prova e expondo as pessoas . Várias delas registraram ocorrência e algumas até cancelaram suas contas nas redes sociais.

Na página, nomes divulgados seriam de estupradores, assediadores e pedófilos. Seis homens, que não tiveram os nomes divulgados, procuraram o Departamento de Combate à Crimes Cibernéticos da Superintendência de Investigações Criminais (Seic). Os autores da lista de alguns comentários podem responder a um termo circunstancial de ocorrência.

A polícia orienta que caso algum desses crimes denunciados na página tenham de fato ocorrido, a ocorrência deve ser registrada na delegacia para que as medidas previstas possam ser aplicadas.

Ainda nesta quarta-feira (17), o Twitter suspendeu a página por violação aos termos de uso.