HomePolítica Assembleia Legislativa aprova novo Conselho Estadual da Juventude

Assembleia Legislativa aprova novo Conselho Estadual da Juventude

Assembleia Legislativa aprova novo Conselho Estadual da Juventude

Na seção ordinária da ultima quarta-feira (3), a Assembleia Legislativa do Estado aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei (PL) nº 130/2016, que altera a Lei nº 8.451 que dispõe sobre o Conselho Estadual da Juventude (Cejovem). O PL altera o processo de escolha das cadeiras da sociedade civil, passando agora a serem eleitas por segmentação juvenil pautando a participação popular com pluralidade e identidade das expressões juvenis do Maranhão.

O projeto também passa a vincular o Cejovem à Secretaria Extraordinária da Juventude (Seejuv) que junto ao Fórum Estadual da Juventude coordenarão o processo eleitoral das entidades da sociedade civil.

“Desde 2016 em tramitação na Assembleia, a aprovação do novo Cejovem marca mais uma conquista para a juventude maranhense. Agora a nova lei torna este espaço plural, diverso e garante participação popular, permitindo o controle social das PPJs [Políticas Públicas de Juventude], junto ao Governo do Estado”, pontuou o secretário em exercício da Seejuv, André Vitral.

O relator da lei, deputado Zé Inácio, enfatizou a importância da aprovação do novo Cejovem. “A importância se dá por dois fatores: primeiro conseguimos incluir a representatividade de todos os segmentos da juventude organizada no Maranhão; e o outro fator importante é que o conselho é um espaço de debate e deliberação para implantação de PJJs”, concluiu o deputado.

“O conselho é importantíssimo para as políticas públicas de juventude do nosso estado, para levantar as demandas da juventude para o Legislativo e para o Executivo, e nós estamos muito felizes em termos protagonizado, dentro da Assembleia, mais uma conquista para a juventude do Maranhão, uma vitória de todos os jovens”, contou a presidente da União da Juventude Socialista no Maranhão, Daynara Sabino.

A aprovação do Projeto de Lei foi saudada por vários deputados da Assembleia Legislativa e passará para sanção do governador Flávio Dino.