HomeNotícias Arboviroses: coordenador da Vigilância Sanitária destaca casos

Arboviroses: coordenador da Vigilância Sanitária destaca casos

Arboviroses: coordenador da Vigilância Sanitária destaca casos

O número de casos de dengue no Maranhão cresceu mais de 100% de dezembro do ano passado até junho desse ano. Em algumas regiões do estado a situação é mais grave, mas está descartada a possibilidade de surto da doença, segundo a Secretaria de Estado da Saúde.

Os casos das chamadas arboviroses, isso inclui, dengue, chikungunya e zika, aumentou 83% no período entre 30 dezembro do ano passado a 15 de junho desse ano, em comparação ao mesmo intervalo entre 2017 e 2018. Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, até o fim da primeira quinzena de junho, o Maranhão tinha um saldo de 4.169 casos de arboviroses, desse total, 3.497 somente de dengue.

Mesmo diante desses índices preocupantes, a SES informou que o Maranhão é o estado de menor incidência de toda a Região Nordeste. Numa tentativa de reduzir essas estatísticas e ampliar o controle da dengue, algumas ações já estão sendo executadas.

Nesta quarta-feira (03), o coordenador de Vigilância Sanitária, Pedro Tavares, esteve no Bom dia Maranhão destacando o aumento desses casos no estado, analisando os sintomas, as diferenças entre dengue,chikungunyaezika e ainda a importância da prevenção. Confira na íntegra: