HomeMaranhão Ato de demissão exclui Tiago Bardal do cargo de delegado da Polícia Civil

Ato de demissão exclui Tiago Bardal do cargo de delegado da Polícia Civil

Ato de demissão exclui Tiago Bardal do cargo de delegado da Polícia Civil

Foi assinado nesta quarta-feira (26) o ato de demissão do ex-delegado Tiago Bardal do quadro da Polícia Civil do Maranhão. Bardal respondia processo administrativo por desvio de conduta.

O ex-superintendente Estadual de Investigações Criminais é acusado de envolvimento em diversos crimes. A Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR) e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) apuravam se Bardal tinha envolvimento com quadrilhas de assaltantes de bancos no interior do Maranhão e se recebia propina para evitar as prisões dos líderes.

Contra Bardal também pesavam acusações de extorsão a comerciantes e envolvimento com organização criminosa que praticava roubos de cargas e contrabando de mercadorias, sobretudo, cigarros e whisky. O ex-delegado está preso desde novembro do ano passado em cela especial.