HomeMaranhão Centro Histórico de São Luís tem policiamento reforçado no período junino

Centro Histórico de São Luís tem policiamento reforçado no período junino

Centro Histórico de São Luís tem policiamento reforçado no período junino

A maior festa popular do Maranhão está chegando e para garantir a segurança de turistas e brincantes, o Batalhão de Polícia Militar de Turismo (BPTur) vai reforçar o policiamento no Centro Histórico de São Luís durante todo o período das festas juninas.

Somente na região dos arraiais da programação oficial, serão mobilizados mais de 80 policiais do BPTur por dia, com o uso de viaturas, motocicletas e policiais a pé, que estarão dispostos em pontos estratégicos de monitoramento, realizando rondas e vistorias, e orientando o público.

O reforço das ações policiais contará, ainda, com apoio dos comandos de Policiamento de Área Metropolitana (CPAM) 1,2 e 3, além de um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA). O objetivo é combater possíveis ações criminosas, além de garantir tranquilidade a todos que vierem prestigiar o São João em uma das áreas mais turísticas da cidade, e que contará com diversas programações culturais e shows.

Na Praça Nauro Machado, e nas ruas próximas, que já contam com a decoração junina, o policiamento já foi reforçado com o uso de policiais a pé, devido ao aumento no número de visitantes. A praça já conta também com um posto fixo do batalhão, que auxilia no policiamento na região.

O comandante do BPTur, coronel Honório de Carvalho, explica que o Batalhão já está de prontidão para garantir a segurança em todas as áreas em que realiza o policiamento. “Mais uma vez o BPTur abraça essa missão de garantir um São João seguro e tranquilo a todos e não só no Centro Histórico, mas em todas as áreas turísticas onde o Batalhão atua”, afirmou.

Esse reforço do contingente soma-se ao trabalho já realizado pelo BPTur no Centro Histórico. “Apesar de reforçarmos o policiamento agora na região, o BPTur já vem há algum tempo realizando um trabalho para garantir segurança não só ao turista, como a todos que frequentam o Centro Histórico, e o que temos observado é que cada vez mais aumentar a quantidade de pessoas que frequentam a região”, comentou.