HomeMaranhãoSão Luís Município e TRE assinam acordo para mais uma edição do projeto Prefeito Criança

Município e TRE assinam acordo para mais uma edição do projeto Prefeito Criança

Município e TRE assinam acordo para mais uma edição do projeto Prefeito Criança

O prefeito Edivaldo Holanda Junior assinou, na tarde desta segunda-feira (27), termo de parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) para eleição do novo Prefeito e Vice-Prefeito Criança. O termo foi assinado pelo presidente do TRE-MA, o desembargador Cleones Cunha. O projeto da gestão municipal, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem o objetivo de desenvolver a consciência política e social nos estudantes da rede municipal de ensino. Com a renovação da parceria e a colaboração do TRE, as escolas municipais seguem mobilizadas para a escolha dos novos representantes.

Esta será a segunda eleição. O primeiro pleito foi realizado em 2017 de forma pioneira no Maranhão. Com a parceria, o TRE-MA fornece às escolas as urnas eletrônicas para o primeiro pleito e as instalações para o segundo pleito das eleições, que se dará com a defesa de projetos educacionais pelas crianças candidatas. O tribunal dará, ainda, posse à chapa vencedora. A parceria da Prefeitura de São Luís com o órgão eleitoral dá legitimidade ao pleito, que envolve diretamente alunos do 6º ao 9º ano das escolas municipais.

Projeto Prefeito Criança

Durante uma das etapas para a eleição do Prefeito Criança, cada chapa deve apresentar um projeto, elaborado com o auxílio de pais, professores, coordenadores e gestores, com temática relacionada às necessidades da comunidade escolar. Na primeira eleição, realizada em 2017 de forma pioneira no Maranhão, foram escolhidos os estudantes Thiago Cutrim e Kimberly Saori, da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Rocha, como Prefeito Criança e Vice-Prefeita Criança de São Luís.

Entre suas atribuições, o Prefeito Criança deverá participar de reuniões e acompanhar o secretário municipal de Educação e o Prefeito de São Luís, sempre que for convocado; desenvolver junto à comunidade escolar durante seu ano de mandato, sempre autorizado e acompanhado da direção da escola, o projeto apresentado nas eleições; e apresentar, sob a orientação da direção da escola, um relatório bimestral à coordenação do projeto Prefeito Criança, no que tange ao cumprimento do cronograma de execução apresentado na defesa do seu programa.