Home Esporte Copa do Brasil “É uma evolução muito grande” diz Marcelo Filho, presidente da CEAF sobre o VAR

“É uma evolução muito grande” diz Marcelo Filho, presidente da CEAF sobre o VAR

“É uma evolução muito grande” diz Marcelo Filho, presidente da CEAF sobre o VAR

Pela primeira vez na história um jogo com um time maranhense em campo terá a utilização do  árbitro assistente de vídeo, o VAR. Na noite desta quarta-feira(22), Sampaio Corrêa e Palmeiras vão entrar em campo pelas oitavas de final da Copa do Brasil 2019 no estádio Castelão, às 19h15. O VAR já está presente em todos os jogos do Campeonato Brasileiro da Série A .

O VAR é composto por um conjunto de câmeras que transmitem as imagens para uma sala isolada do campo, onde assistentes de vídeo podem rever as jogadas. Existem apenas quatro tipos de lances que podem ser revistos. Esta assistência pode ocorrer a pedido do árbitro (em caso de dúvidas em uma das jogadas que podem ser revistas), ou caso os assistentes observem um lance duvidoso e comuniquem o juiz da partida através do fone de ouvido.

O  presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol,  Marcelo Filho elogia o uso da ferramenta , afirma que já está tudo pronto para o confronto entre as equipes no Castelão pela Copa do Brasil e destaca em quais momentos o VAR é mais acionado.

“O VAR entrar em ação e consertar esse equívoco do árbitro principal, é uma evolução muito grande. A revisão vem do bola dentro, bola fora, gol não gol, da penalidade ou não, do cartão equivocado, do impedimento” explicou Marcelo Filho.