Home Esporte Campeonato Brasileiro Moto Club goleia Ypiranga-AP e mantém liderança isolada na Série D

Moto Club goleia Ypiranga-AP e mantém liderança isolada na Série D

Moto Club goleia Ypiranga-AP e mantém liderança isolada na Série D

Moto Club e Ypiranga-AP se enfrentaram na tarde deste domingo (19) pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida entre as equipes foi realizada no estádio Castelão e terminou com a vitória Rubro-negra por 5 a 1 diante dos amapaenses.

A goleada foi construída em tempos distintos. No final da primeira etapa, aos 41 minutos, Márcio Diogo abriu o placar chutando por baixo no lado direito do goleiro Murilo. Aos 48,  depois de um bom cruzamento na área em cobrança de falta, Willian fez de cabeça o único gol dos visitantes no duelo. No primeiro minuto da etapa final o Papão desempatou com Gleissinho após toque certeiro de Márcio Diogo . Aos 35, depois de um bom contra-ataque rubro-negro de Gleissinho, Evandro Russo recebeu a bola e balançou as redes para ampliar o marcador. Aos 37, Wallace Lima fez o quarto gol do Moto em seu jogo de estreia. Aos 44, novamente Wallace Lima fez seu segundo gol e encerrou a goleada motense no Castelão.

Com o triunfo, o Papão do Norte é mais líder do que nunca no Grupo A3 com nove pontos conquistados e com 100% de aproveitamento na competição. O Ypiranga-AP está na lanterna da chave com apenas um ponto.

Pela Série D as equipes voltam a se enfrentar no dia 27 de maio (segunda-feira), às 20h,no estádio Zerão. Moto e Ypiranga-AP jogam dessa vez abrindo os jogos de volta no  Grupo A3 .

Ficha Técnica:

Moto: Rodolfo; Diego Renan, Eduardo Favero, Rayan e Fernandinho; Lucas Hulk, Naílson e Márcio Diogo (Wallace Lima); Gleissinho, Bruno Henrique (Evandro Russo) e Vinícius Paquetá (Wander )

Ypiranga: Murilo; Greick (Felipe Mazagão), Fernando, William e Esuqerdinha; Sandro, Alexandre Pinho (Aldair), Dhonata e Kairo; Jailton e Kendel Nené( Nildon)

Arbitragem: Ilbert Estevam da Silva, Gustavo Rodrigues de Oliveira e Enderson Emanoel Turbiani da Silva.