Home Maranhão Justiça lança projeto para atendimento aos filhos de mulheres presas

Justiça lança projeto para atendimento aos filhos de mulheres presas

Justiça lança projeto para atendimento aos filhos de mulheres presas

A Justiça da comarca de Timon promoveu o lançamento e a primeira edição do programa “Amparando Filhos – Transformando Realidades com a Comunidade Solidária”, iniciativa que objetiva personalizar e humanizar o atendimento de crianças e adolescentes filhos de mulheres presas, por meio de encontros entre mães e filhos fora do ambiente carcerário, com a participação em atividades interdisciplinares.

Dezesseis mulheres que cumprem pena no Centro de Ressocialização Jorge Vieira, mães de 30 crianças e adolescentes, participaram do primeiro encontro, que contou com apresentações musicais, peça teatral e dinâmicas para as crianças.

 

Aos 23 anos e mãe de três filhos, a interna G.C. está cumprindo pena há dois anos e três meses, período em que não teve nenhum contato com os filhos pequenos. “Agradeço muito aos juízes e diretor do presídio por essa oportunidade de poder ver e abraçar meus filhos”, disse emocionada. O programa prevê a elaboração de plano de atendimento individualizado para as crianças e adolescentes.

O Programa Amparando Filhos funciona como ação preventiva, focando nos princípios da proteção integral e da prioridade absoluta da criança e do adolescente, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O programa considera estudos de respeitados centros acadêmicos norte-americanos, como a Universidade Princeton, apontam que é de 500% a probabilidade de entrarem na delinquência infantojuvenil crianças e adolescentes filhos de mães encarceradas, por três fatores: desestruturação do núcleo familiar, ausência da cuidadora primária e a estigmatização que sofrem.