Home Maranhão Relatório “Piquiá foi à Luta” aborda violações aos direitos humanos

Relatório “Piquiá foi à Luta” aborda violações aos direitos humanos

Featured Video Play Icon

A Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH) lançou nesta quarta-feira (08) o relatório “Piquiá foi à Luta: Um balanço do cumprimento das recomendações para abordar as violações aos direitos humanos relacionadas à indústria da mineração e da siderurgia em Açailândia, Brasil”. Os dados mostram a persistência da violação de direitos na região sul do estado.

Segundo a FIDH e Justiça nos Trilhos, nenhuma das 39 recomendações foi plenamente efetivada e, em 74,4% das mesmas, não foi identificado nenhum avanço em relação ao que foi recomendado, o que significa que nenhuma das violações de direitos humanos documentadas em 2011 tem sido reparada integralmente.

O estudo revela que, apesar do progresso alcançado no processo de reassentamento de 312 famílias de Piquiá de Baixo (cerca de 1.110 pessoas), com o início das obras em novembro de 2018, a convivência com a poluição e os demais riscos associados segue deteriorando a saúde dos mais de 7.500 moradores de todo Piquiá.