Preso suspeito de assassinar motorista de aplicativo no bairro Liberdade

Um homem identificado como Lúcio Johannes Martins Mota, de 20 anos de idade, é o principal suspeito de ter assassinado o motorista de aplicativo Edmilson Pimenta Azevedo. Ele foi preso, nesta quinta-feira (11), durante operação da Polícia Civil  no Bairro de Fátima , em São Luís.

O motorista de aplicativo foi morto por engano. Mais uma vítima da briga envolvendo facções criminosas. O crime aconteceu no dia 6 de janeiro  no bairro da Liberdade. A polícia teve acesso aos vídeos da perseguição que houve entre a moto em que estava o autor do crime e o alvo do bandido que ocupava o carro que foi alvejado.

Lúcio Johannes Martins Mota está preso temporariamente. Quando adolescente ele já tinha uma passagem pela polícia pelo crime de roubo.