Home Maranhão No primeiro trimestre, mais de 500 postes já foram danificados em acidentes

No primeiro trimestre, mais de 500 postes já foram danificados em acidentes

No primeiro trimestre, mais de 500 postes já foram danificados em acidentes

Os acidentes não causam transtornos somente no trânsito, mas também nas casas de quem acaba tendo o fornecimento de energia suspenso por causa da queda de postes. De janeiro até março 526 quebraram apos serem atingidos por veículos em todo o Maranhão. O número é 42% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 371 acidentes foram computados. Contabilizando as quebras que aconteceram somente na grande ilha, em contra partida, o índice diminuiu.

Em 2018 foram 61 e neste ano 57. Os postes custam entre 1500 e 5000 mil reais. Após a queda ou quebra, a reposição é feita automaticamente pela Companhia Energética do Maranhão (Cemar ),mas a conta vai pro condutor que causou o acidente. A Cemar alerta sobre os riscos de descargas elétricas e orienta os procedimentos de segurança.

Segundo o executivo de Segurança da Cemar, Francisco Ferreira, “com o período chuvoso as pistas ficam escorregadias e muitos obstáculos ficam cobertos pela água dificultando a percepção dos motoristas. Os principais cuidados são andar sempre em velocidade reduzida e manter a manutenção dos veículos em dia. Evite sair com seu veículo durante as chuvas fortes e, redobre a atenção durante as chuvas no período noturno”.