Home Maranhão Casa desaba durante as fortes chuvas no Mojó

Casa desaba durante as fortes chuvas no Mojó

Casa desaba durante as fortes chuvas no Mojó

A estrutura de um pequeno bar desabou na tarde desta terça-feira (02) próximo à estrada principal da localidade Mojó, em Paço do Lumiar.

De acordo com informações de moradores, desde as últimas chuvas a estrutura teria sido prejudicada e havia infiltrações nas paredes. Com o forte temporal desta terça a construção veio abaixo. Segundo a comunidade, não havia moradores dentro do bar no momento do desabamento ou mesmo em dias anteriores.

Na área existem três comunidades: Tendal, Mojó e Montanha Russa. Boa parte da localidade Mojó não é asfaltada e os moradores denunciam o descaso do poder público.

O trecho que passa por essas três comunidades possui sete quilômetros de estrada de terra, o asfalto termina próximo a um cemitério que dá acesso aos “bairros”. Cerca de 200 famílias, ou pouco mais de 2 mil pessoas, vivem na região.

“Nunca teve nenhum tipo de investimento e ônibus mesmo só tem a linha do Mojó, que quase não passa por causa dessa estrada. As pessoas, às vezes, até deixam de ir trabalhar por que não conseguem sair daqui”, disse um morador.

O jornalismo da TV Difusora tenta contato com a prefeitura de Paço do Lumiar sobre as denúncias de falta de infraestrutura no Tendal, Mojó e Montanha Russa.

 

CHUVAS NO MAIOBÃO

Também nesta nesta terça-feira (02), moradores da avenida 1 do residencial La Belle Park no Maiobão, em Paço do Lumiar, filmaram as chuvas. Em alguns trechos, a água invadiu as residências, a água atingiu mais de meio metro de altura e escondeu obstáculos como buracos, bueiros sem tampa e até galerias.

Em algumas das avenidas, veículos foram arrastados pela força da água e moradores ficaram assustados. Já próximo à Unidade de Ensino Básica Poeta Goncalves Dias, popularmente conhecida na comunidade como CAIC, ficaram alagadas as avenidas 3 e 13.

Confira abaixo nota da prefeitura de Paço do Lumiar:

A Prefeitura de Paço do Lumiar informa que uma equipe com técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, tem percorrido as áreas mais críticas do município realizando ações emergenciais para minimizar os transtornos provocados pelo volume anormal de chuvas que tem caído em Paço do Lumiar, inclusive com resgate de veículos e pessoas cujas casas de estrutura mais frágil não aguentaram a força da água.
A Prefeitura lamenta o que vem ocorrendo e informa que desde fevereiro iniciou a limpeza dos bueiros e bocas de lobo de diversas áreas do município para evitar alagamentos, mas o volume de chuvas tem sido superior à capacidade de escoamento das galerias. Por causa do grande número de ocorrências, a Prefeitura decretou desde a semana passada estado de emergência e segue realizando o atendimento aos moradores afetados pelos alagamentos.