Home Brasil Morre, aos 67 anos, radialista e defensora da cultura popular Helena Leite

Morre, aos 67 anos, radialista e defensora da cultura popular Helena Leite

Morre, aos 67 anos, radialista e defensora da cultura popular Helena Leite

Na madrugada deste sábado (30), morreu, aos 67 anos, a radialista Helena Leite, em São Luís. A radialista, também considerada um ícone da cultura maranhense, foi vítima de um infarto.

De acordo com relato de familiares, ela já estava com alguns problemas de saúde e nos últimos meses, já um tanto debilitada, estava se submetendo, semanalmente, a sessões de hemodiálise. O corpo da radialista está sendo velado no Parque Folclórico da Vila Palmeira. O enterro será realizado neste domingo (31), com o local ainda a ser divulgado.

Ao longo de sua carreira, Helena trabalhou em diversos veículos de comunicação, sempre levando a boa informação para os ouvintes e emitindo opiniões pautadas em um vasto conhecimento acerca dos mais variados temas, em especial os relacionados ao cenário cultural.

O Governo do Maranhão,  por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma) e da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), lamentou o ocorrido. A Assembleia Legislativa do Maranhão e a Câmara Municipal de São Luís, através da sua Mesa Diretora, também lamentaram o falecimento da radialista Helena Leite. Por meio de nota, a Câmara destacou que Helena era uma profissional exemplar e respeitada; além de figurar como uma das vozes mais importantes no que se refere à defesa da cultura de São Luís e do Maranhão.