Home Maranhão São Luís Em operação contra pedofilia, homem é preso no bairro Planalto Anil II

Em operação contra pedofilia, homem é preso no bairro Planalto Anil II

Em operação contra pedofilia, homem é preso no bairro Planalto Anil II

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais Criminais – SEIC (DCCT), participou, nesta quinta-feira (28), da Operação “Luz na Infância 4”, que cumpriu 02 mandados de busca e apreensão, em 02 alvos na capital maranhense, nos bairros Cidade Operária e Planalto Anil II.

A força-tarefa coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) envolve Polícias Civis do Distrito Federal e de 26 Estados. Desde as primeiras horas da manhã, as equipes procuram acusados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do MJSP, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Esse conhecimento produzido foi repassado às Polícias Civis – de repressão a crimes informáticos – que, por sua vez, instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais para expedição dos mandados de busca e apreensão.

As ações simultâneas mobilizam um efetivo de mais de 1500 policiais em todo o país. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da Operação Luz na Infância.

Durante a operação, foi realizada a prisão em flagrante de Talyson Alex dos Santos Sampaio Silva, 30 anos de idade, residente na Rua D, quadra 8, casa 13, Planalto Anil II, em razão das equipes do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC) constarem que no computador do alvo havia o armazenamento de um vídeo que continha cenas de sexo explícito envolvendo criança. Diante dessas circunstâncias fáticas, Talyson Alex foi conduzido à SEIC, onde foi autuado em flagrante pelo crime previsto no art. 241-B da lei 8.069/90 (ECA)

Leia também:

Contra pedofilia e pornografia, polícia cumpre mandados em bairros de SL