Home Maranhão São Luís Infestação de caramujos africanos registrada no Espigão Costeiro

Infestação de caramujos africanos registrada no Espigão Costeiro

Infestação de caramujos africanos registrada no Espigão Costeiro

Com o período de chuvas, bairros da capital têm sofrido novo surto de caramujos africanos. Os moluscos são prejudiciais à saúde.

Os caramujos africanos se proliferaram e estão espalhados em terrenos baldios em vários bairros e até em pontos turísticos da capital maranhense, como o Espigão da Ponta D’areia. Os animais prejudicam o ecossistema local.

Além disso, o molusco transmite várias doenças, inclusive a meningite eosinofílica, que pode matar. A contaminação é feita através do contato com o muco do bicho na boca ou olhos. Caso isso aconteça, a recomendação é lavar muito bem as mãos.

Outro agravante é que a concha que protege o molusco pode servir de criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zica vírus, chikungunya e febre amarela.