Home Maranhão Presidente do CRO-MA fala sobre desafios para o biênio 2019/2021

Presidente do CRO-MA fala sobre desafios para o biênio 2019/2021

Featured Video Play Icon

Tomou posse na semana passada o novo presidente do Conselho Regional de Odontologia do Maranhão (CRO-MA), Rafael Nunes. Durante a solenidade de Posse Técnica, foi eleita ainda a nova diretoria e as Comissões de Tomada de Conta e de Ética para o biênio 2019/2021. Nesta terça-feira (26), Rafael Nunes foi o entrevistado do jornal Na Hora D.

Além da importância do profissional de odontologia dentro de Unidades de Tratamento Intensivo, o presidente do CRO-MA falou sobre a atividade de falsos dentistas, além do posicionamento contrário do Conselho diante do edital divulgado pela Prefeitura de Governador Nunes Freire. “O CRO não pode aceitar um concurso onde o Cirurgião-Dentista tenha seu vencimento em aproximadamente R$12,00 por hora”, conforme nota disparada por Nunes.

Sobre o edital, o CRO diz repudiar “a situação proposta pelo edital, onde dentistas ganhem os mesmos vencimentos de outras profissões trabalhando uma carga horária maior, além de ser baixo não prevê inclusão do adicional de insalubridade”.

Rafael Nunes também falou durante o programa sobre Lei 490/2018, promulgada no ano passado, que determina a obrigatoriedade da presença do Cirurgião-Dentista na equipe multiprofissional dos hospitais da cidade, públicos e privados.

Além da obrigatoriedade, a Lei transcorre sobre atendimento preventivo e de emergência aos pacientes internados nos hospitais municipais. Ainda, orienta sobre o direcionamento dos profissionais da Odontologia, admitidos nessas casas de saúde, para treinamento e capacitação em ambiente hospitalar.

A boca é porta de entrada de inúmeras doenças, como endocardites, infecções pulmonares, infecções neurológicas, renais, dentre outras. As alterações bucais podem complicar o quadro sistêmico do paciente e dessa forma prolongar o período de sua internação hospitalar.