Home Esporte Copa do Nordeste Contas e cenários para a rodada decisiva da Copa do Nordeste 2019

Contas e cenários para a rodada decisiva da Copa do Nordeste 2019

Contas e cenários para a rodada decisiva da Copa do Nordeste 2019

A Copa do Nordeste chegou à reta final da fase de grupos. Resta uma única rodada, com três equipes classificadas, quatro eliminadas e outras nove em disputa por cinco vagas. O representantes maranhenses, já deram a Deus a competição.

Grupo A

Com Fortaleza e Santa Cruz classificados no Grupo A, restam duas vagas, hoje ocupadas por CRB e Salgueiro. Vitória e Sergipe ainda têm chances de alcançar a classificação. Altos e Sampaio Corrêa apenas cumprem tabela na última rodada.

Com 10 pontos, um a mais que o Santa Cruz, o Tricolor do Pici recebe o ABC no Castelão e garante a permanência na liderança com uma simples vitória. Caso contrário, precisará torcer por um tropeço do Santa Cruz, que recebe o Confiança no Arruda. A Cobra Coral precisa vencer para garantir ao menos o segundo lugar e o direito de jogar no Arruda a partida das quartas de final.

Com oito pontos, recebe no Rei Pelé o já classificado Botafogo-PB. Uma vitória garante a vaga na próxima fase. E até em caso de empate, desde que não seja ultrapassado por Salgueiro e Vitória, que têm seis pontos cada e podem chegar a nove, dependendo do critério de saldo de gols. O Galo da Pajussara ainda pode terminar como líder, mas vai precisar secar Fortaleza e santa Cruz.

Na quarta colocação com seis pontos, o Carcará conquista a vaga se vencer o Ceará no Cornélio de Barros no sábado. Em caso de empate, precisará torcer pelo Náutico, que visita o Vitória na última rodada, adversário direto por uma das vagas. O salgueiro pode até mesmo ultrapassar o Santa Cruz, mas precisaria reverter uma diferença de saldo de gols de cinco gols.

Maior campeão da história da Copa do Nordeste, o Rubro-negro baiano é a grande decepção desta edição. Sequer venceu, com seis empates e uma derrota. Mas ainda tem chances de passar de fase, desde que some mais pontos que o Salgueiro na rodada, que leva vantagem por ter uma vitória conquistada.

Com chances remotas e três pontos somado, Sergipe joga em casa contra o Moto Club já eliminado. Precisa fazer o dever de vencer e torcer por derrotas de Salgueiro e Vitória. Qualquer outro resultado fora desse quadro significa eliminação.

Grupo B

Mais equilibrada, a segunda chave traz o surpreendente Botafogo-PB com 17 pontos na condição de líder, onde uma simples vitória pode garantir a vantagem de decidir em casa na fase de mata-mata. São três vagas para Ceará, Náutico, CSA, Bahia e ABC. Já Confiança e Moto apenas se despedem na rodada.

Confortável com 15 pontos, porém alerta. Um empate contra o Salgueiro no Sertão pernambucano garante a passagem de fase. Até mesmo com uma derrota, precisaria ser ultrapassado por outras três equipes para ficar de fora. Se superar o Carcará, garante ao menos o segundo lugar e pode ser líder a depender de uma derrota do Belo.

Na terceira colocação, com 14 pontos, o Timbu precisa vencer o Vitória no Barradão para evitar qualquer risco à classificação, mas também para a possibilidade de ultrapassar Ceará e até mesmo o Botafogo-PB, caso supere uma desvantagem de três gols de saldo para o Belo (7 contra 4). Em caso de empate ou derrota em Salvador, os alvirrubros precisam secar os rivais abaixo da tabela.

Quarto colocado, o Azulão tem 13 pontos, um apenas a mais que Bahia e ABC. Fora de casa, contra o já eliminado Altos, uma simples vitória garante a vaga nas quartas, como também a possibilidade de ultrapassar Náutico e Ceará, caso não consigam vencer fora de casa.

Em situação delicada, o Tricolor de Aço é a primeira equipe fora do G4, com 12 pontos. Por ter um saldo de gols mais robusto (9), pode levar vantagem no critério, mas precisará vencer o Sampaio Corrêa no Castelão e torcer contra os rivais. Em caso de empate, pode superar o CSA, desde que os alagoanos e o ABC não vençam seus jogos.

Com os mesmos 12 pontos do Bahia, o ABC joga a vida no Castelão contra o Fortaleza. Apenas a vitória interessa, desde que venha aliada a tropeços de pelo menos dois times entre Náutico, CSA e Bahia

Fonte: Jornal do Commercio