Home Maranhão São Luís Com chuva, paralisação de coletivos altera rotina na capital

Com chuva, paralisação de coletivos altera rotina na capital

Featured Video Play Icon

Manhã de muita chuva e paralisação no transporte público da capital maranhense. As cinco principais empresas de ônibus suspenderam as atividades na manhã desta terça-feira (26) e as paradas ficaram lotadas.

Paradas lotadas desde as primeiras horas desta terça-feira (26) de usuários do transporte à espera dos ônibus. As paradas cheias foram por conta da paralisação dos rodoviários. As cinco principais empresas pararam as atividades pela manhã: Taguatur, Primor, 1001, Maranhense e Ratrans. Juntas, segundo o Sindicato dos Rodoviários, são responsáveis pelo atendimento de 70% da capital.

A paralisação foi ocasionada pelo não cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho por parte dos empresários do transporte público. Por volta das 7h os ônibus começaram a deixar as garagens de duas empresas, que cederam à pressão dos empresários pela suposta ameaça de demissões. Nas outras três empresas os ônibus deixaram as garagens só depois das 8h, o que causo muito congestionamento.

Na área da Forquilha há duas garagens, das empresas Maranhense e 1001, e quando os coletivos começaram a sair a Estrada de Ribamar ficou completamente travada. Outras avenidas ficaram engarrafadas, Casemiro Júnior, Jerônimo de Albuquerque e São Luís Rei de França. Além da paralisação no transporte público, a chuva também interferiu o cotidiano das pessoas na manhã desta terça-feira. No trânsito, também pela forte chuva, a situação para os motoristas estava bem complicada.