Home Maranhão Advogado fala no NHD sobre votação de criminalização da homofobia no STF

Advogado fala no NHD sobre votação de criminalização da homofobia no STF

Featured Video Play Icon

O tema homofobia foi amplamente discutido nos últimos dias devido uma publicação do Sampaio Corrêa nas redes sociais em que atribuía a cor rosa ao escudo do Moto Club, dizia que “o mando de campo é delas”, fazendo menção ao time rubro-negro e também usando o termo pejorativo “MoRto Club”. A repercussão negativa tomou proporções maiores ao serem registrados diversos pontos de confusão envolvendo torcidas organizadas de ambos os times.

Para falar sobre o assunto, o jornal Na Hora D recebeu o advogado Antônio Pedrosa. Na oportunidade, ele e o comunicador Laércio Júnior conversaram também sobre o encontro dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) no plenário da Corte para tomar uma decisão que tem impacto imediato na vida de milhões de brasileiros. Mais de 10 anos após ser apresentado na Câmara dos Deputados o primeiro projeto relacionado à criminalização da homofobia, o tribunal decide, diante da omissão do Legislativo, se agressões, ofensas e assassinatos contra integrantes da comunidade LGBT devem ser tratadas por meio de uma legislação específica. A discussão no Judiciário ocorre em meio ao crescimento nos últimos anos da violência que vitimiza pessoas em todo o país em decorrência da sua orientação sexual. Casos chocantes de crueldade contra gays, lésbicas, travestis e transsexuais assustam a população de norte a sul do país.