Home Maranhão São Luís 500 partos deixaram de ser feitos desde que maternidade foi desativada

500 partos deixaram de ser feitos desde que maternidade foi desativada

Featured Video Play Icon

Aconteceu nesta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de São Luís, reunião para elaborar estratégias para reabrir e manter a Maternidade Maria do Amparo, unidade filantrópica localizada no Anil.

Na oportunidade, membros da administração da maternidade e médicos puderam expor as dificuldades encontradas para manutenção da unidade e da importância dela para a cidade. A Maternidade Maria do Amparo existe há 37 anos e realiza cerca de 200 partos por mês. Desde que foi desativada, em dezembro do ano passado, aproximadamente 500 partos deixaram de ser realizados.