Home Maranhão São Luís 2018 registrou mais de 2 mil casos de violência contra o idoso, diz Promotoria

2018 registrou mais de 2 mil casos de violência contra o idoso, diz Promotoria

Featured Video Play Icon

Segundo dados da Promotoria da Justiça do Idoso da Capital, no ano de 2017 foram registrados 1.781 casos de violência contra o idoso. Até o mês de novembro de 2108, foram registrados 2.088 casos, o que representa um salto no número de ocorrências. 73% dos casos estão relacionados a violência e, sobre o tema, o jornalista Eduardo Ericeira entrevistou nesta terça-feira (08) no jornal Bom Dia Maranhão o promotor do idoso, José Augusto Cutrim.

“O que está acontecendo com esses números, com esses dados, é que está dando maior visibilidade a este problema que estava aí encoberto na nossa sociedade. Programas da imprensa em geral vêm enfatizando essa temática que está sendo uma realidade em nosso país, em especial em nosso estado. Na sua grande maioria ocorre dentro do próprio seio familiar, e haveria uma grande dificuldade em fazer essas denúncias, seja pela própria vítima – no caso é um idoso, um pai, um avô -, ou próprio dos vizinhos que têm medo de expor e saber das represálias”, disse o promotor.

Com a divulgação, por meio da promotoria, Conselhos, CAPS, delegacia, e de uma grande rede de proteção na capital maranhense, a denúncias têm dado resultados. O promotor reforçou que, caso seja identificada uma violência, é preciso denunciar e não silenciar. “Quem violenta uma vez, vai violentar novamente, então é preciso que se combate”, disse.

Veja abaixo quadro comparativo entre os registros de 2017 e 2018, segundo dados da Promotoria do Idoso:

“São números que constam na Promotoria. Se nós somarmos com o que consta na Delegacia do Idoso, na Defensoria, os outros órgãos, os Conselhos, esse número vai ser bem maior”, lembrou.

Das operações realizadas, foram 28 inspeções em 2017 e 40 registradas no ano passado. Além disso, houve 22 resgates em 2017 e 21 no ano passado.