Home Notícias Apenas 35 Universidades tiveram nota 5 no Índice Geral de Cursos

Apenas 35 Universidades tiveram nota 5 no Índice Geral de Cursos

Featured Video Play Icon

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), de 2066 Universidades,Faculdades e Centros Universitários, apenas 35 tiveram nota 5 e  278 Instituições ficaram com nota 1 ou 2.

Durante a entrevista o professor Antônio Gonçalves fez uma ressalva quanto à forma de avaliação do Índice Geral de Cursos. “A gente tem muita crítica a essa forma de avaliação. A gente acha que é muito importante que se  faça avaliação daquilo que nós fazemos no dia a dia, como servidores públicos ou como uma concessão pública, no caso, das instituições privadas. Porém, uma boa avaliação requer que vários aspectos sejam avaliados. Primeiro, qual é a função, qual é a identidade daquela Instituição, no seu local. Então, não dá para fazer uma avaliação única com os mesmos critérios. E na hora de avaliar, por mais que o Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior) proponha diversos índices para avaliar as instituições, eles são insuficientes” explicou.

“A avaliação não pode ser para avaliar ou para punir. É para avaliar a função social daquela formação. Então as instituições não são apenas para emitir diplomas elas têm uma função social a ser cumprida. E avaliar uma função social é algo bastante complexo; um número pode não traduzir toda essa complexidade” completou Antônio Gonçalves.

O entrevistado também comentou sobre as consequências da falta de investimentos, tanto nas Universidades Públicas quanto nas Faculdades privadas. “O governo avalia, porém ele não se compromete com a recuperação dos cursos que têm, por exemplo, nota 2[…] esse tipo de avaliação não interessa à sociedade, fazer ‘rankiamento’ das instituições” afirmou o professor.

Confira a entrevista completa no vídeo!