Home Notícias Saiba como aumentar as chances de uma contratação durante uma vaga temporária

Saiba como aumentar as chances de uma contratação durante uma vaga temporária

Featured Video Play Icon

Neste fim de ano, cerca de 77 mil vagas de empregos temporários devem surgir em todo o país. Aqui no Maranhão, o comércio ludovicense deve gerar 900 oportunidades e cerca de 1.850 no varejo do Estado. A maioria das pessoas quer que essa vaga temporária seja transformada em definitiva, e claro, isso depende muito do contratante. Mas também há certas atitudes do empregado que podem fazer toda a diferença.

De acordo com Manoel França, estar em uma vaga temporária é uma grande oportunidade de mostrar para a empresa quem você é profissionalmente. “Esse momento de trabalhar de forma temporária é uma oportunidade de você mostrar para a empresa que você pode ajudar. Então, muitas pessoas conseguem se destacar, mostrar que podem ajudar e acabam sendo efetivadas”, disse Manoel França.

O entrevistado explica que há dois tipos de competências que são essenciais para a garantia de uma contratação. “Geralmente, a gente fala de competências técnicas e comportamentais. Muitas vezes você é contratado por competências técnicas. Então você sabe exatamente o que deve ser feito naquela vaga. Porém, as comportamentais são essenciais e muitas vezes é o que faz a diferença. É como você se comporta, como você age, como você utiliza daquele momento de estar ali, no caso, em uma vaga temporária para mostrar que pode ajudar a empresa. Então assim, as competências comportamentais, muitas vezes, fazem mais diferença do que as técnicas”, disse o diretor.

Além dessas duas competências, o direto de talentos também aproveitou para lembrar que atualmente o mercado está bem atualizado e o empregado deve seguir se adequando às mudanças para se destacar na vaga.”A gente precisa, realmente, estar aprendendo sempre. Muitas vezes coisas faz já há um bom tempo, passa a não ser mais a forma, digamos, mais adequada. Você tem que reaprender  a fazer aquela mesma coisa de uma outra forma. Então, realmente, aprender sempre é essencial”, completou Manoel França.

Confira mais sobre o assunto na entrevista!