Home Política Weverton Rocha faz último discurso na Câmara dos Deputados

Weverton Rocha faz último discurso na Câmara dos Deputados

Featured Video Play Icon

Nesta última terça-feira (11), o senador eleito Weverton Rocha (PDT) fez seu último discurso como deputado federal na Câmara dos Deputados.

De início, Weverton Rocha agradeceu aos eleitores, a Deus e demais apoiadores de sua jornada pela vitória no Senado. “É claro que eu tinha que vim aqui, primeiramente, para  agradecer. Agradecer a Deus, agradecer a todos os amigos que nos apoiaram e que nos ajudaram nessa nova empreitada, que nós vamos começar  a partir do dia 1º de fevereiro, na condição de Senador da República[…]eu agradeço de verdade aos 15 partidos políticos que ajudaram a nossa jornada”, acrescentou.

O senador eleito também aproveitou para lembrar as dificuldades do período eleitoral e ressaltou a confiança dos eleitores maranhenses que garantiram sua vitória. “Eu não tenho dúvida de que foi uma eleição muito dura, muito difícil, mas que valeu a pena. Valeu a pena, primeiro, porque nós chegamos com um resultado prático de que quando se faz o que é certo e as coisas transparentes, a gente consegue chegar onde quer […] eu fico muito feliz em saber que sou o senador mais votado de toda a  história do Maranhão. Faltaram dois mil e quinhentos votos para dois milhões de votos e isso nos dá, sim, uma grande responsabilidade da tarefa que o povo do Maranhão nos deu em continuar fazendo, no Senado Federal, o que nós fizemos aqui na Câmara dos Deputados. Nós tivemos uma frente totalmente voltada em defesa do nosso trabalhador, totalmente voltada em defesa de nosso povo e também lutando sempre lado a lado, ajudando nosso governador Flávio Dino, que é o líder político desse grupo, a conduzir os momentos difíceis que nós estamos vivendo em nosso Estado”, disse Weverton Rocha.

Sobre a nova etapa que começa em 2019, no Senado Federal,  o senador eleitor  declarou qual o seu verdadeiro objetivo. ” Vou para o Senado sabendo que lá nós temos que defender, de verdade, o nosso verdadeiro patrão, que é o povo do nosso País. É o povo do Maranhão e o povo brasileiro. Meus amigos, nós sabemos que temos muita coisa por fazer. Há disputas muitas clara, há um fosso na democracia do País. Mas precisamos ter serenidade e é através dessas duas casas que nós iremos reencontrar o grande caminho para o reencontro das verdadeiras políticas públicas que possam ajudar efetivamente a vida dessas pessoas”, afirmou.