Home Notícias Dia de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as mulheres

Dia de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as mulheres

Featured Video Play Icon

A celebração da data é importante para toda a sociedade que diariamente se depara com inúmeros caso de violência contra as mulheres. O dia é de reflexão.

Aqui no Maranhão a realidade desse tipo de crime já demonstra uma mudança pela quebra do silêncio de algumas mulheres. “Pra ela alcançar esse nível de consciência de que não dá mais e que eu preciso buscar ajuda, isso já é um grande passo para uma mudança. E aí, quando ela encontra uma ambiência dentro de uma estrutura em que ela vai encontrar um organismo especializado, como é uma Delegacia da Mulher, uma rede que funciona dentro de uma estrutura da Casa da Mulher Brasileira, uma rede que funciona, que se interliga, ela vai ter, não só demanda da repressão criminal da delegacia atendida, como outras demandas, por exemplo advogado gratuito para acompanhar a separação judicial, pensão alimentícia, acompanhamento psicológico e outros atendimentos” afirmou  Kazumi Tanaka.

Uma das novidades deste ano em relação ao combate à violência contra a mulher em São Luís, foi o Plantão de Gênero que atende mulheres de todas as idades, durante 24h. “Foi um grande ganho para a capital[…] ele atende as mulheres naquelas situações, e momentos em que ela mais sofre violência, que é noite, final de semana e feriado” disse a coordenadora.

No Maranhão foi aprovada uma lei que garante a criação de cinco delegacias que devem ser implantadas em 2019, sobre isso a delegada falou que “para a população a primeira concepção de justiça é a polícia. Então assim, se a mulher passa por situação de violência nessas cidades que vão ser contempladas com mais uma Delegacia da Mulher, ela vai identificar ali ‘eles vão me atender’, ‘ali é um espaço que é meu, que trabalha só com essa questão e eu vou ser ouvida e com respeito’, ‘a situação que eu passo vai ser levada em consideração’. Então ela busca mais o espaço, quando ela identifica que é um espaço para esse tipo de denúncia. A partir da criação daquele espaço, as mulheres que estavam, até então caladas, passam a buscar ajuda” afirmou a entrevistada.

E ainda sobre o combate à violência contra a mulher, nesta quinta-feira (6) será realizado pela Patrulha Maria da Penha uma Blitz da Prevenção no Parquinho da Litorânea, a partir das 16 horas.

Além das medidas já adotadas, ainda em 2018 será lançado um aplicativo “Salve a Maria” que vai facilitar as denúncias em casos de violência contra a mulher.

Confira!