Home Maranhão São Luís Governo anuncia alargamento da Jerônimo de Albuquerque para fluidez do trânsito

Governo anuncia alargamento da Jerônimo de Albuquerque para fluidez do trânsito

Governo anuncia alargamento da Jerônimo de Albuquerque para fluidez do trânsito

A Avenida Jerônimo de Albuquerque, em todo o trecho que vai da Cohab até o elevado da Cohama, é um dos trajetos que concentra o maior fluxo de veículos, sobretudo em horários de pico. Isso resulta em congestionamentos diários, tanto para quem segue em direção ao Vinhais, quanto para quem faz o caminho contrário. Para ajudar a resolver o problema, o Governo do Maranhão iniciará, ainda este mês, as obras de alargamento de via na região entre o túnel da Cohab e a entrada de acesso ao bairro Angelim.

O projeto será executado pela Agência Executiva Metropolitana (AGEM) e compreende uma área de 500 metros. No trecho serão realizados serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação, bem como construção de meio-fio e sarjeta. “É uma obra de extrema necessidade para a Jerônimo de Albuquerque, que é uma das avenidas que possui maior trânsito de veículos e pedestres da capital”, explica o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

A obra é uma demanda antiga na capital, lembra Lívio Corrêa. “Trata-se de um dos trechos mais centrais de nosso trânsito e, justamente por isso, é trajeto para muitos bairros, o que provoca congestionamentos frequentes”, comenta.

Segundo Luís Sérgio Amaral, proprietário da empresa que irá realizar a obra, os trabalhos levarão 90 dias. “Por se tratar de um alargamento, os serviços não irão atrapalhar o tráfego de veículos. Além disso, o acesso será feito por vias auxiliares”, afirmou o engenheiro civil.

Parceria

Outra obra será realizada na região pela Prefeitura de São Luís e irá complementar o projeto da AGEM. Os trabalhos compreenderão a área entre a Cohab e o Bequimão, passando pelo Angelim. Sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), essa obra criará alças semelhantes às que já existem na área entre a entrada do bairro Bequimão e o elevado da Cohama.

“Com isso, o tráfego de veículos será facilitado, o que irá diminuir os congestionamentos frequentes”, afirma o presidente da AGEM, Lívio Corrêa.